Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Entrevista com a ilustradora Marta Monteiro

Domingo, 13.10.13

Marta Monteiro  nasceu em 1973 em Penafiel, reside no Porto. Dedica-se exclusivamente a ilustração como freelancer. Actualmente tem um exposição que inaugurou dia 5 de Outobro no Caesv, (centro de artes e espectáculos de Sever do Vouga). 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Exposiart: Olá artista antes de mais, quero agradecer a disponibilidade de me ter dado esta entrevista.

Marta Monteiro: Olá Amigo Artista

 

Exposiart - Como ocupa seus momentos de lazer? Ouve música quando trabalha?

 

Marta Monteiro: Quando não estou a trabalhar costumo ler. Durante o trabalho raramente ouço música porque me distrai.

 

Exposiart - Que Formação académica têm? Têm alguma formação a nível de artístico

 

Marta Monteiro: Concluí uma licenciatura em Artes Plásticas Escultura em 1999.

 

Exposiart - Que actividade Profissional exerceu? Têm alguma actividade Profissional actual?

Marta Monteiro:Fui professora mas deixei de o exercer para ser ilustradora freelancer.

 

Exposiart - Como Adquiriu o gosto, pela ilustração?

Marta Monteiro: Através da Banda Desenhada e do Cinema de Animação.

 

Exposiart - Qual o seu equipamento actual? Que gosta mais de fotografar?

Marta Monteiro: Não costumo fotografar com regularidade apesar de ter uma máquina fotográfica digital.

 

Exposiart  -  Que tipo de técnica gostas mais?

Marta Monteiro: Ultimamente tenho utilizado o desenho e a pintura digitais. Mas nem sempre foi assim. A mudança deu-se quando consegui usar o computador e ferramentas digitais de uma forma que se aproxima ao registo manual ou tradicional.

 

Exposiart: Quais a exposições que participou? Que trabalho tem feito?

Marta Monteiro: A última exposição em que participei está patente no CAE de Sever do Vouga. Nesta reuni os trabalhos que foi fazendo desde 2012 até à actualidade. 

Exposiart – Quais os ilustradores e artistas plásticos que mais admira? Qual a obra que mais admira?

Marta Monteiro: Gosto de Art Brut no geral e do trabalho de Bill Traylor e Henry Darger em particular.

Tenho especial apreço pelas ilustrações e trabalho gráfico de Tiago Manuel. Nomeadamente pela ilustração que fez do texto de João Paulo Cotrim “As minhas cartas”, que considero um excelente exemplo de ilustração editorial.

 

Exposiart – Porque o fascínio pela arte? Que Sente Quando está a ilustrar?

Marta Monteiro: Talvez por ter sido uma aluna medíocre a matemática tenha enveredado por uma área em que a lógica e a racionalidade têm tanto valor como a ausência de regras.

Ilustrar pode ser tão prazenteiro como doloroso ou aborrecido. Depende do trabalho em si, como este se desenvolve e do resultado final.

Exposiart - Com que frequência faz exposições colectivas e individuais?

Marta Monteiro: Apenas quando me convidam. O que significa que não há uma frequência ou padrão temporal.

 

                    

Exposiart  -  Como define o seu trabalho como Artista plástica?

Marta Monteiro: No meu trabalho de ilustração tenho a tendência para recorrer à  ironia e ao absurdo.

 

Expsosiart – O que a Faz sonhar ou vibrar?

Marta Monteiro: Literatura e cinema.

Exposiart - Quais foram as influências que sofreram os seus trabalhos?

Marta Monteiro: Todo o tipo de arte visual – banda desenhada, ilustração, pintura, escultura, etc.- e a literatura são influências muito fortes.

 

Exposiart: As suas obras nesta exposição essencialmente do que se trata?!

 

Marta Monteiro: Na exposição existem várias e não uma única ideia ou texto desenvolvidos através da ilustração: as sombras, as proporções, o absurdo, o imaginário de Edward Lear, etc.

 

 Exposiart: Como escolhe os temas das exposições?

Marta Monteiro: As exposições colectivas em que participei ora tinham um tema definido ora aceitavam trabalhos recentes sem qualquer vinculo temático. Nas exposições individuais sempre tive a liberdade para escolher pelo que raramente optava por um tema mas vários. A escolha dependia quase sempre dos interesses que tinha no momento.

 

Exposiart: Que concelho dá a quem tenha um sonho de se tornar artistas plásticos? Acha que devia ser feita mais nas escolas pelo ensino de arte desde tenra idade? Que Dificuldades enfrenta a nível artístico?   

Marta Monteiro: A escola facilita e agiliza a formação individual. Mas é possível fazer-se o mesmo percurso sem apoio desde que haja vontade; por isso apenas aconselho a ser persistente.

A única dificuldade com que me deparo é a falta de oferta de trabalho regular na minha área.

 

Exposiart: Obrigado Marta Monteiro por todo o seu tempo disponível por nós dar está entrevista boa sorte para o seu futuro profissional e muita cor de felicidade na sua vida.

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por exposiart às 18:27