Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Entrevista com o artista plástico e Vencedor do prémio Pincel de Ouro João Bello

Domingo, 22.12.13

João Bello Entrevista com o artista plástico e Vencedor do prémio Pincel de Ouro João Bello de 35 anos de  Beneditense, Artista plástico realista

Exposiarts – Olá João Bello! Começo por agradecer-te antes de mais a oportunidade de te conhecer um pouco melhor e ao teu trabalho. Entrevistar-te é uma grande honra.

 

João Bello – Eu é que agradeço pelo convite, é sempre gratificante poder falar do meu trabalho.

 

 Exposiarts – Como nasceu o teu gosto pela arte?

João Bello – Desde muito cedo, sempre tive vontade de desenhar e desde os 8 anos de idade percebi que era o que mais gostava de fazer. Aos 9 anos de idade fiz o meu primeiro retrato e desde aí nunca mais parei.

 

 

 Exposiarts – Tiveste alguma formação académica ou aprendeu por si?

  João Bello – Fui evoluindo e aprendendo sozinho, Iniciei-me com grafiti, carvão e fui experimentando várias técnicas. Aprendi com a continuação de desenhar e pintar continuamente.

 

Exposiarts – De que modo inicias a tua Actividade artística?

João Bello – Foi um processo contínuo, era inevitável enveredar pela actividade artística, todos os dias trabalho nas minhas obras, e quando não o faço sinto falta.

 

Exposiarts – Quais as exposições que integras-te e quais as próximas?

João Bello – Já foram algumas. Posso dizer que já realizei exposições colectivas e a nível individual em várias partes do País. Desde Esmoriz (Aveiro), a Nazaré, Alcobaça, Cascais, Estoril, S. Brás de Alportel… Este ano também tive 2 obras no Japão.

Actualmente tenho 3 exposições a decorrer, tenho 1 obra no Japão, 1 obra em Montemor-O-Velho onde foi lançado o livro “Starte of the Art” – Artist´s Book”. Em Janeiro vou participar na Madeira também com 1 obra na Bienal Internacional.

 

 Exposiarts – A que tipo de movimento artístico te sentes mais ligado?

João Bello - Após a minha aprendizagem o que mais me fascina é o realismo figurativo. Sempre gostei de pintar figurativo e actualmente todas as minha obras têm uma figura feminina, que é o que mais gosto.

 

 Exposiarts – Destacas alguma influência ou vivência que tenha marcado especialmente o teu percurso?

João Bello – Simplesmente não tenho, foi apenas o gosto que já sentia desde pequeno e fui evoluindo com os anos.

 

 Exposiarts – Tens encontrado alguns problemas ou entraves no exercício da tua arte artista plástico?

João Bello - Não é nada fácil enveredar unicamente numa vida artística. Existe ainda algum preconceito em que algumas pessoas não consideram arte, e no meu caso a pintura, uma carreira ou trabalho dito “normal”. Para conseguir chegar ao nível que estou hoje tenho que dedicar várias horas por dia a pintar por vezes até 12 horas por dia.

Não existem ajudas financeiras e para expor fica dispendioso. Porém fui descobrindo algumas associações de apoio ao artista onde, tem sido mais fácil divulgar e expor o meu trabalho

.

Exposiarts – Achas que Portugal gera oportunidades para os aspirantes de artes?

. João Bello -  Oportunidades somos nós que as fazemos. Se estivermos a espera que alguém nos estenda a mão…. Nada acontece.

 

 Exposiarts – Quais os eventos em que até agora participaste e destacas de maior relevância para a promoção e divulgação do teu trabalho?

 João Bello – Os eventos foram a exposição colectiva no Japão e em Portugal em Cascais e no Estoril.

 

 

Exposiarts – Conta-nos um pouco como é o teu dia-a-dia de pintor?

João Bello – É um dia completamente normal. Gosto de pintar à noite e pela madrugada dentro, é mais calmo. Tanto pinto 8 horas como 10 ou mais. Dependo da pintura que esteja em progresso. Pinto praticamente todos os dias e sinto falta quando não o faço.

 

 Exposiarts – Como defines o teu trabalho?

João Bello – O meu trabalho é muito realista e para se obter o realismo da forma que procuro, o trabalho tem várias etapas, vários processos de pintura, tenho de ter muita concentração e perspectiva sobre o trabalho que estou a realizar, para se obter um realismo em que parece que estamos na tela, temos de nos entregar ao trabalho com paciência e muito gosto pelo que fazemos. 

 

 Exposiarts – O que tentas transmitir com as tuas obras?

João Bello – Tento captar a alma e a vida nos trabalhos que pinto e transmitir um efeito de realismo que quando olhamos para a obra nos transmita um efeito de surpresa e sentimento.

 

 Exposiarts – Tens uma obra ou artista plástico ou ilustrador de eleição? (desde o realismo, renascimento à era moderna?)

 João Bello – Admiro muito a pintura e o pintor Peter Paul Rubens  de 1618–1620, Mas há uma pintura que se destaca pelo ressaltar o fervor religioso e a postura heróica de Cristo, que é intensificada pelo jogo de luz e sombra de Paul Rubens “A Deposição da Cruz”.

 

 

 Exposiarts – O que achas que devia ser feito pelas artes para aproximar e cativar o grande público?

João Bello -  Eu acho que o que se faz pelas artes já tem o seu potencial, pois cada um tem o seu estilo próprio na arte e a sempre alguém que prefere um estilo ou outro depende do gosto de cada um, simplesmente acho que devia haver mais apoios, há muitos artistas que não conseguem divulgar a sua arte mais alem pela razão de estarem limitados a nível financeiro, sou da opinião que devia haver mais divulgação a nível de televisão nas artes, iria atrair mais publico e a curiosidade.

 

Exposiarts – Que conselho daria a alguém que pretenda enveredar pelo mundo das artes?

João Bello – O melhor conselho que tenho a indicar, trabalhar muito na sua arte e técnica, ser persistente e dedicar-se de corpo e alma na sua pintura, cada dia vamos aprendendo e evoluindo, não querer tudo num só dia.

 

 Exposiarts – Quando não estás a trabalhar, que tipo de jovem és tu? Como gostas de passar o teu tempo?

João Bello – Gosto de passear, de ver tv, filmes, jogar, fazer ginásio, gosto de visitar museus e outros locais, uma vida normal.

 

Exposiarts – Obrigado João Bello pelo tempo e disponibilidade.

João Bello -  Agradeço esta oportunidade de falar sobre a minha vida na arte e divulgação,

 Exposiartis - Boa sorte para o seu futuro profissional e muita cor de felicidade na sua vida.

 

João Bello – Obrigado mais uma vez

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por exposiart às 22:02